Top 5

5 coisas espetaculares para fazer na Colômbia…e outras para os fortes.

O que fazer na Colômbia? Confira nossas dicas

Ah, Colômbia… enquanto estivemos lá, fomos roubados, sofremos vazamento de gás e um furacão alagou nossa casa. E, ainda assim, nos apaixonamos perdidamente pelo país. Mas quem quer beleza e diversão sem perigos? Se não houver perigos, sua viagem se resumirá a fotos sem histórias. E, para ter fotos sem histórias, não precisa gastar a grana e o tempo de ir até o lugar: a Internet tá aí pra isso.

Mas chega de divagações: temos aqui 5 coisas bacanudas (e algumas com custo-benefício maior) para se fazer na terra que já foi da cocaína, e agora se torna cada vez mais a terra da literatura e da culinária. Ao final, diz pra gente se você concorda ou discorda da lista!

Sebos em Bogotá

Sebo localizado no centro de Bogotá

Ali pertinho do Museo de Oro, atrás da Carrera 8, há uma rua cheia de sebos do arco da velha. Para quem não sabe, a atividade literária na Colômbia é bem forte, na esteira do Nobel Gabriel García Márquez. Descobrimos este sebo ao atender um pedido de uma amiga no Brasil, que buscava desesperadamente um livro até que o encontrou em Bogotá. A riqueza do catálogo destes sebos parece ser infinita e gastar uma manhã preguiçosa conferindo os acervos de cada sebo é uma ótima maneira de começar o dia.

 BÔNUS: Restaurantes da Carrera 4  Achou seu belo livro em algum sebo e agora busca um bom lugar para apreciá-lo? Ora, não perca seu tempo e vá diretamente para a Carrera 4, do outro lado da Carrera 8, onde há restaurantes de toda a América do Sul (e alguns pubs) com ótimos ambientes e boa comida a preços não extorsivos (ainda). São 3 quarteirões à sua escolha, portanto caminhe de boas (chegar lá implica em uma subida, mas a Carrera 4 é plana) até escolher o restaurante de sua preferência e você terá uma tarde de rei.

 BÔNUS DO BÔNUS: Ver Bogotá do 45° andar 

Para começar (ou terminar) sua noite, vale muito a pena enfrentar o péssimo serviço e os preços nada camaradas do Centrico. Pule a comida: nada de especial e caríssima, apenas para os colombianos ricos dizerem que podem pagar aqueles preços. Peça um drinque com margem de erro pequena (um gim e tônica vale) e tente um lugar colado à janela. A vista é sensacional – os demais fregueses e os garçons, nem tanto.




Café com cinema em Cali

Foto do espaço Café Macondo em Cali

O bairro central de San Antonio, em Cali, é o que a Vila Madalena queria ser nos anos 80: bonita, intelectual e atraente. E hoje, se a Vila Madalena se tornou apenas mais um lugar de “barzinho” em SP, San Antonio manteve sua essência: bares e cafés cheios de atividades intelectuais, em meio a casas coloniais. Cali é uma cidade interessantíssima e San Antonio é o seu lugar mais cultural.

Você pode assistir um bom filme durante o jantar e pode participar de várias oficinas, o que dá uma dimensão nova à sua viagem, interagindo com os locais de forma construtiva. Informe-se em qualquer café ou restaurante no bairro.

Las Lajas

Santuário de Las Lajas na Colômbia

No sul da Colômbia, em Ipiales – quase fronteira com o Equador – há um cenário que poderia pertencer a qualquer filme da saga Senhor dos Aneis. Vou descrever, mas aviso que a beleza do lugar transcende as palavras. Imagine um desfiladeiro; sobre o desfiladeiro, há uma ponte e, ao final da ponte, uma catedral gótica enorme.

De uma das paredes do desfiladeiro, cai uma cachoeira. Ao redor, há apenas a floresta. E não há o que falar mais… só indo mesmo para ver o lugar de sonho que Las Lajas é.

Restaurante árabe em Barranquilla

Prato de comida árabe em restaurante de Barranquilla

Uma das maiores comunidades árabes na América do Sul está ao norte da Colômbia, no trecho que começa em Barranquilla e termina em Maicao, onde foi construída a primeira mesquita do subcontinente. Por isso, Barranquilla tem o maior e melhor cardápio de restaurantes árabes da Colômbia. A coisa é tão sensacional que não dá nem para errar: entre em qualquer um e seja feliz.

Nossa dica é ver onde os locais comem, independente da aparência do restaurante. Lembre-se: quem melhor manja da comida de um país é quem nasceu nele.

Bandeja paisa

Foto de Bandeja Paisa, prato típico da Colômbia

Dizem os nutricionistas que a gente é o que a gente come. Se isso for verdade, não há nada mais gente fina no MUNDO que os colombianos, porque eles comem bandeja paisa, a comida do mochileiro proletário. Esta joia da culinária mundial é composta de carne moída (ou bife), linguiça, um torresmo mais que generoso, arroz, feijão, abacate, banana e uma solitária arepa a abençoar esta criação.

Sei que os puristas dirão que é muito pesado e gorduroso; mas o que seria do Catolicismo sem o pecado? Mergulhe de cabeça numa bandeja paisa e tenha a força para mochilar por muito mais quilômetros que uma insossa salada poderia proporcionar.




Classificação

5 média baseada em 1 ratings

  • Excelente
    1
  • Muito Bom
    0
  • Médio
    0
  • Fraco
    0
  • Péssimo
    0

Eduardo Furtado

Escritor, tradutor e viajante, autor do livro "Nos Trilhos dos Andes".

LEAVE A COMMENT

Diva De Mochila

No Diva de Mochila você acompanha a viagem de volta ao mundo de uma carioca-paulista que virou mochileira depois dos 30. Bem-vindo (a) ao blog!

No instagram

%d blogueiros gostam disto: